O que vale reformar antes de vender um imóvel

São Paulo – O preço dos imóveis vem subindo, mas apenas confiar nos valores do mercado não garante bons ganhos na hora de vender uma casa ou um apartamento.

Investir em alguns reparos e modificações num apartamento ou numa casa pode servir de critério de desempate para um comprador e até valorizar um pouco mais o preço da residência. A dica é especialmente importante para quem tem pressa em fechar negócio. “O principal objetivo é assegurar o valor da contraposta e ganhar a possibilidade de uma venda mais rápida”, explica Renato Teixeira, presidente da rede de franquias imobiliárias RE/MAX Brasil.

As necessidades de reforma variam muito de um imóvel para outro. Alguns pontos, porém, são mais comuns na hora de preparar um imóvel para a venda. Saiba o que vale a pena ou não reformar antes de vender um imóvel ou uma casa.

Pintura externa

No caso de um apartamento, não há muito o que fazer, já que as decisões são tomadas em conjuntos por todos os moradores. Porém, quando o imóvel é uma casa, vale a pena investir na pintura externa. “Uma casa pichada, por exemplo, pode transmitir uma sensação de abandono do imóvel e até de insegurança sobre a rua”, diz Roseli Hernandes, diretora da Lello Imóveis. Por isso, vale a pena investir um pouco mais na preparação do lado de fora.

Pintura interna

Dar cor nova para as paredes internas vale a pena em dois casos. Primeiro, para transmitir sensação de limpeza. Segundo, para apagar cores muito diferentes e fortes. Uma parede vermelha ou amarela pode ser muito bonita, mas não agradar o próximo proprietário. “Sempre aconselhamos usar cores neutras, como branco, gelo e bege”, diz Roseli, da Lello Imóveis. Além de ter chances de agradar um número maior de interessados no imóvel, as cores neutras também facilitam que o proprietário aplique a cor que desejar após a compra e muitos podem levar esse benefício em consideração na hora de fechar o negócio.

Limpeza e cuidado externo

“Uma limpeza bem feita, grama bem aparada e piscina limpa são fatores que apaixonam os compradores”, afirma Renato Teixeira, da RE/MAX Brasil. Vale a pena investir nesses preparos.

Trocar cerâmica e pisos dos banheiros

Se o piso e a cerâmica dos banheiros de sua casa não forem novos, considere trocar. “Escolha cores mais neutras, que são mais fáceis de adaptar ao gosto de qualquer pessoa”, afirma Antônio Carlos Kieling, presidente da Exporevestir.

Hoje já existem pisos, como algumas opções de Porcelanato, que não necessitam que o piso anterior seja removido para uma nova aplicação. Isso é algo que deve ser considerado, já que o custo para aplicar diminui e pode valer mais a pena.

Instalações elétricas e hidráulicas

Outra parte importante e que ajuda a valorizar imóveis é fazer qualquer reparo necessário ou modernização nas instalações elétricas e hidráulicas.

Uma dica é buscar alternativas sustentáveis, que ajudem a economizar água e energia. “Uma casa que capte água para usar em áreas como o jardim, ou que tenha aquecimento solar, tem uma grande vantagem competitiva”, diz o arquiteto Frederico Rangel, do escritório Uniarq.

Renato Teixeira, da RE/MAX Brasil, lembra de outro ponto importante nesse quesito. “Algo fora dos conformes nas instalações elétricas e hidráulicas pode gerar inclusive reclamações posteriores, pois o comprador pode se sentir lesado”, diz. A melhor alternativa é mesmo entregar o imóvel com tudo em ordem. Caso isso não seja possível, a sugestão é negociar e deixar claro com o comprador que esses ajustes serão necessários após a compra.

O que não vale a pena

Piso moderno no lugar errado

Atualmente, existem opções de piso com funcionalidades especificas, como uma maior resistência ou até impermeáveis. Esses pisos podem ter um preço mais elevado e não adianta nada investir neles se for para aplicar no lugar errado. “Não há necessidade de colocar um piso com todas essas características numa sala, por exemplo”, afirma Kieling, da Exporevestir.

Armários embutidos

Se sua cozinha não tem armários embutidos, não ache que investir nesses móveis trará retorno na hora da venda. “Às vezes o próximo proprietário pode nem gostar do modelo e não fará diferença”, afirma Roseli, da Lello Imóveis.

Gastar caminhões de dinheiro

Fazer pequenos ajustes colabora para uma boa venda, mas o total gasto deve valer a pena. “Uma margem confortável para investir é entre 3% e 5% do valor pedido pelo imóvel”, sugere Renato Teixeira, da RE/MAX Brasil.

 

Lilian Sobral, de EXAME.com

http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/o-que-vale-reformar-antes-de-vender-um-imovel

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s